segunda-feira, 18 de outubro de 2010

SEGUNDO TURNO PRESIDENCIAL

Ontem, em reunião de candidatos e lideranças nacionais, o Partido Verde, por ampla maioria (apenas 4 votos divergentes), declarou a sua independência partidária, concedendo liberdade de apoiamentos pessoais às lideranças, candidatos e filiados, em face do segundo turno presidencial em curso nestas eleições.

Em memorável discurso, na forma de carta aberta à nação e dirigida aos dois protagonistas do segundo turno, a candidata do PV, Marina Silva, justificou e declarou sua neutralidade. Pela importância histórica e pelo elevado conteúdo conceitual desse documento, recomendo sua leitura a todos.

Assim, eu, Rubens Hering, enquanto filiado ao PV do Paraná, Ouvidor e ex-candidato ao Senado – 430, com mais de 178.000 votos, estou legitimado pelo meu Partido a declarar que: Dado o distanciamento das duas candidaturas, de Serra e Dilma, em relação às minhas convicções pessoais, enquanto ser político, sigo Marina, mantendo-me neutro no processo.

Contudo, isso não significa recomendar o voto nulo, branco ou mesmo a abstenção. Pelo contrário, não obstante a neutralidade do político, a democracia exige de todos, enquanto eleitores, que comparemos as opções e segundo nossa consciência escolhamos o melhor para o país, respeitada a diversidade opiniões.

Encerro, assim, por este último ato, minha participação nas eleições de 2010. Mais uma vez fica o muito obrigado aos que me apoiaram e honraram com seu voto.

Viva o Partido Verde 43. Viva a Democracia.

Vejam no link abaixo a integra da carta de Marina Silva dirigida aos dois candidatos do segundo turno:

http://www.minhamarina.org.br/blog/wp-content/uploads/2010/10/CARTA-ABERTA-MARINA-A-DILMA-E-SERRA1.pdf

Um comentário:

  1. Boa noite! com essa posição ideologica do PV em não optar por uma das duas candidatura a Presdente, não estão sendo omissão com a nação brasileira, na questão de não orientar pelo voto valido e conciente, haja a não opção para outra candidatura, pergunto no que valeu votar na Marina então? fui eleitor dela, o PV ainda esta em fase de agremição, não seria o caso de uma possição em que formassemos uma força de mudança com projeto de inclusão do verde dentro do Governo indicado? estou em dúvida pela possição adotada, sendo imparcial dando assim margem para elegemos ao bel prazer. sem cobrança após a eleição, pois formos omissos!

    Altair Bueno
    Guaira - Paraná

    altabueno@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Grato por visitar este Blog. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

Por favor DEIXE alguma forma de CONTATO para possibilitar resposta ou utilize a função abaixo "INSCREVER-SE POR E-MAIL".